Colar Feminino Choker, Você Sabe Como Usar?

O colar feminino choker é uma tendência bastante popular que voltou e se mantém firme nos últimos anos, ganhando assim, diversas releituras.

Essa tendência surgiu nos anos 90, onde era conhecida como tattoo chokers. Isso porque, elas imitavam o formato de tatuagens através de diversos fios de plástico interligados.

Mas, atualmente o que não faltam são modelos, indo desde as simples de courinho até mesmo as com acabamento folheado em ouro e prata para ocasiões sofisticadas!

Portanto, esse colar se tornou um dos mais queridinhos da atualidade. Então, você não vai ficar de fora não é mesmo?

Neste artigo, irei dar algumas dicas de como utilizar esse acessório, confira.

O Que É Choker?

A palavra choker que vem do inglês pode ser traduzida literalmente como gargantilha, sendo assim um tipo de colar feminino.

Caracterizado pela sua proximidade a garganta, muitos chamam de “coleira” também. Outra tradução para essa palavra seria sufocadora.

Todas essas denominações destacam o estilo do colar que, inicialmente, era caracterizado apenas por aqueles colados ao pescoço.

Mas, atualmente, ela passou a ganhar inclusive uma reformulação não apenas nos modelos, como no estilo em si.

Onde encontram-se peças mais soltinhas e afastadas da garganta. Atualmente, podem ser consideradas chokers, as seguintes peças:

  • Tiras de tecido com fecho;
  • Peças criadas em metal;
  • Fitas amarradas a região;
  • Clássicas tattoo choker.

Um outro ponto dessa peça, é que ela costuma ser uma peça coringa nas produções, pois, valoriza ainda os brincos de festa, brincos pequenos e peças de roupa utilizadas pela mulher!

Uma dica importante: evite usar brincos grandes com as chokers, pois “enche” muito o visual e não combina. Neste caso, aposte em brincos menores e mais discretos.

Mas, Como Utilizar Esse Colar Feminino?

A melhor forma de escolher esse acessório é se guiando em duas coisas principais, o tipo de ocasião e quais brincos você irá utilizar.

Isso porque, primeiramente, ela precisa estar adequada ao momento. Em segundo lugar, por ficar posicionada próxima às orelhas ela precisa criar harmonia com esse outro acessório.

Com isso, você evita pesar na combinação entre acessórios e até mesmo as peças de roupas que compõe o seu look!

Materiais:

A tendência desse tipo de colar é, hoje, bastante ampla e com isso, vemos diversos materiais disponíveis no mercado para compor seus looks!

Portanto, fica ao seu critério a escolha. Mas, alguns estilos combinam mais com certas ocasiões que outros, por exemplo:

  • Couro: é um dos modelos mais vistos por aí e que você encontra principalmente em cores neutros, como o preto e marrom. Elas seguem o estilo boho e se dão melhor com um estilo mais informal. As combinações mais incríveis são com vestidinhos boho mais soltinhos e trabalhados em rendas ou estampas. Bem como, com shortinho jeans, blusa básica, quimono estampado, chapéu e bota cowgirl;

  • Rendada: essa peça se adapta a dois grandes estilos, o romântico e o gótico. Em geral, elas são bem delicadas e super elegantes, podendo variar bastante de espessura. Alguns modelos possuem acabamento em fecho. Enquanto outras basta amarrar a fita;

  • Tecido: as mais vistas são em cetim e veludo, seguindo a mesma tendência informal da de couro. Mas, a grande diferença é que elas possuem um acabamento tanto visual, quanto físico, mais confortável. Inclusive, ela é comumente vista em modelos mais larguinhos também. Algumas recebem aplicações de pedraria, criando um estilo mais sofisticado que pode ser uma ótima opção para ocasiões mais formais;

  • Metal: são as famosas chokers de metal que podem ser encontradas de diversas formas. Algumas em tiras finíssimas e discretas, podendo ser fechada ou semifechada. Outras são vistas em larguras medianas ou até mesmo bem largas. Nesses modelos de metais vemos opções com pedrarias cravejadas e até mesmo pingentes de pedra discretos. Os tons mais comuns são o dourado, prata, rose e grafite, sendo perfeitas para ocasiões mais formais;

  • Folheadas: elas seguem a mesma tendência acima, mas, sendo diferenciada apenas pela qualidade. Uma vez que, elas são banhadas a ouro, prata e/ou ródio.

Escolha de acordo com o seu pescoço:

Além das considerações já feitas, existem outras formas de escolher sua choker ideal, uma delas é considerando o formato do pescoço.

  • Gordinho: evite os modelos finos, pois, podem criar “pneuzinhos” na região que ficaram bem evidentes;

  • Comprido: quem tem pescoço alongado deve investir nos modelos medianos a largo, as muito finas podem “sumir” ou não criar o destaque desejado;

  • Curto: mas, se o seu pescoço é menor evite as opções mais largas, já que isso só irá encurtá-lo ainda mais. Os detalhes também deverão ser escolhidos com cautela;

  • Largo: evite os modelos com muitos detalhes, tais como os de bordados e pedrarias. Isso porque eles aumentam a região deixando-a muito mais larga;

  • Fino: pescoços finos ficam melhor com a tendência contrária. Ou seja, pedrarias, bordados, pingentes bem trabalhados que irão dar volume à região.

Conclusão

Vimos então, neste artigo que o colar feminino choker é uma tendência bastante versátil e cheia de estilo!

Portanto, basta você se atentar ao estilo de roupa e ocasião para escolher o modelo ideal. Sendo as mais simples para ocasiões informais e as mais trabalhadas para aquelas formais.

Na Joias em Foco, você pode encontrar também outras dicas de combinações, além de produtos muitíssimo interessantes. Não deixe de conferir.

O que você achou deste conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe com suas amigas.

Não deixe de conferir nosso artigo – Luvas: Descubra agora mesmo como usar esse acessório

Comentários
Compartilhe:
error