Como saber se você está em um relacionamento abusivo

Procurando como saber se você está em um relacionamento abusivo?

Saiba que descobrir isso não é tão difícil e se você chegou até esse artigo, isso já pode ser um indicativo de que algo não está indo bem.

Muitas pessoas infelizmente, estão em relacionamos abusivos sem ter a menor consciência disso.

 

Como saber se você está em um relacionamento abusivo?

Confira abaixo os principais sinais que demonstram que você está em um relacionamento abusivo:

Você está sempre sendo monitorado

Seu parceiro é muito ciumento? ele fica tentando ver suas conversas nas redes sociais e em apps como o WhatsApp ou Telegram?

Além disso, quando seu parceiro (a) possui a sua senha e consegue acessar suas contas pessoais a qualquer momento, pode ser um dos sinais que você está em um relacionamento abusivo.

Compartilhar a senha de suas contas pessoais pode ser o suficiente para estragar com o seu relacionamento.

Ainda mais pelo nível de ciúmes ser muito alto, você acaba não tendo mais privacidade, sempre tendo que apagar conversas para evitar maus interpretações.

 

A pessoa tenta mudar você

Outro sinal que o relacionamento é abusivo é quando o parceiro começa a tentar mudar coisas em você.

Como por exemplo, tentar controlar as roupas que você usa, ou até mesmo sua maquiagem.

Cada um tem sua liberdade para se vestir e fazer o que quiser (desde que sejam coisas legais, claro), e uma outra pessoa não pode controlar isso em você.

Se está passando por isso, sinto muito lhe dizer, mas é algo muito abusivo.

 

Faz joguinhos emocionais

Agora responda: Quando você fala de suas conquistas e coisas boas que aconteceram em sua vida, seu parceiro sempre o tenta diminuir?

Ele sempre tenta encontrar algo negativo ou em que colocar algum defeito, sempre tentando acabar com a sua sensação de ter conquistado algo?

Ou pior ainda: ele consegue fazer você se sentir mal, mesmo quando estava bem?

Tome cuidado com isso. Para um relacionamento amoroso ser saudável é preciso que um fique feliz com a vitória do outro.

Tentar diminuir seus feitos é algo abusivo.

 

Não se importa com você

Você já prestou atenção se quando você fala sobre o que sente ou conta seus problemas como sua parceira ou parceiro reage?

Passar por momento negativos ou até mesmo fazer de vez em quando fazer alguns tipos de reclamações, do trabalho, escola ou faculdade é algo simplesmente normal e todo mundo passa por isso.

Mas é importante que ele lhe escute, apoie e lhe ofereça ajuda, se ele simplesmente vai desviando o foco para outro assunto é sinal que ele não se importa com você.

Um ajudar o outro é fundamental e é preciso existir isso em qualquer relacionamento saudável.

Em um relacionamento normal o parceiro sempre irá ajudar. É preciso existir reciprocidade.

Se você percebe que a pessoa só está preocupada com ela mesmo, e nunca se importa com você, este é um dos sinais que revelam que o seu relacionamento é abusivo.

 

O que fazer quando está num relacionamento abusivo?

Se você conseguiu identificar que realmente vivendo um relacionamento abusivo é preciso começar a dar os primeiros passos para cortar o problema de forma definitiva.

Não continue alimentando esse problema, dê logo um basta, você pode fazer isso.

 

Abaixo confira algumas dicas do que fazer quando está num relacionamento abusivo:

  • Perceba que não é sua culpa

Infelizmente, quando alguém está em um relacionamento abusivo é normal que se sinta como se fosse o verdadeiro culpado da situação.

Pensamentos como “ele faz assim devido minhas próprias ações” na realidade é apenas o resultado de um longo período de abuso,

Você acaba não percebendo que a culpa não é sua e nunca a deposita na outra pessoa.

Por isso é importante parar de se culpar.

 

  • Saiba que você não pode salvar essa relação

Quando se está em um relacionamento abusivo é preciso abandona-lo imediatamente.

Infelizmente, seu parceiro ou parceira não está de fato apaixonada por você.

Sei o quanto é difícil conseguir deixar a pessoa amada, no entanto, é algo que é preciso fazer no momento.

Provavelmente já existe um apego emocional muito forte entre vocês dois.

Mas é preciso entender e ter a certeza que quando o seu parceiro já tem total domínio sobre suas emoções não há como mudar isso.

Neste caso, seria ele quem poderia salvar a relação de vocês, mas infelizmente isso não vai acontecer.

 

  • Não tenha medo

É comum o medo de terminar o relacionamento e ficar sozinha. Por isso é importante ter autoconfiança antes de deixar o namoro.

Mesmo que o seu parceiro lhe diga coisas como “Você não encontrará alguém que te ame como eu te amo”, não caia nessa falácia.

Sempre haverá alguém no futuro, que irá gostar de foto e pode ficar verdadeiramente apaixonado.

 

  • Autoconfiança

Sair de um relacionamento abusivo não é tarefa fácil, por isso se sentir autoconfiança é primordial.

Acabar com um relacionamento com muito apego emocional do dia para a noite, com certeza não vai ser nada fácil. Por isso, comece a trabalhar nessa questão nessa fase um coaching pode lhe ajudar.

Quando você confia em si mesmo, fica muito fácil tomar as melhores decisões para si.

 

  • Peça ajuda

Muitas vezes o relacionamento abusivo pode machucar tanto que você precise da ajuda de amigos e familiares.

As vezes pode ser necessário também buscar por ajuda de profissionais.

Isso é muito importante para que você possa desabafar e receber conselhos de pessoas próximas e que desejam o bem para você.

Essa ajuda também é importante porque você ganhará apoio, isso irá ajudar muito a se afastar do abusador.

 

Conclusão

Estar em um relacionamento abusivo é sem dúvidas uma situação indesejável. Entretanto, isso pode acontecer com qualquer pessoa.

Se está passando pela situação, é importante tomar imediatamente as rédeas de sua vida, ser forte e fazer o que é melhor para você.

Não tenha medo, um relacionamento que não lhe traz felicidade não irá agregar em nada a sua vida. Além disso, pode ter a certeza que ao fazer isso você estará abrindo uma oportunidade para conhecer uma pessoa melhor, que pode surgir no futuro.

Gostou do artigo?

Deixe seu comentário e não esqueça de compartilhar sobre esse importante assunto em suas redes sociais.

Leia também sobre Como manter um Relacionamento?

 

Comentários
Compartilhe:
error